search 2013 adfgs
01/08/2009

Um ensaio contra a cegueira

Os apóstolos do obscurantismo que andam por aí propondo o fechamento de lan houses ou querendo impor o cadastramento de seus frequentadores detestarão esta notícia: durante o Forum da Cultura Digital Brasileira, que começou nesta sexta-feira (31/08), anunciou-se que o Ministério da Cultura formou um grupo de trabalho que poderá sugerir ao governo federal que reconheça as lan houses como “equipamento cultural”.

O reconhecimento abriria espaço para projetos culturais voltados para o público que frequenta as lan houses.

De acordo com estudos da Fundação Getúlio Vargas, haveria atualmente 100 mil desses estabelecimentos em todo o Brasil.

Para as pessoas de menor poder aquisitivo que vivem nas periferias das grandes cidades, as lan houses são uma das poucas portas de acesso ao universo da informática. As escolas, que deveriam cumprir esse papel, permanecem paradas no tempo no que se refere ao uso de novas tecnologias.

Se estivéssemos em um país onde as autoridades enxergam pelo menos um palmo adiante do nariz, as lan houses seriam declaradas de utilidade pública, em vez de importunadas com regulamentações esdrúxulas que só se vêem em países sob regimes ditatoriais, como Cuba ou Irã.

Comentários

Comente