search 2013 adfgs
13/05/2011

Tempo de despertar

Do blog de Ricardo Noblat:

Começou mal o governo de Agnelo Queiroz (PT) no Distrito Federal.

A O&P Brasil, empresa de pesquisa de Brasília, ouviu mil pessoas no Distrito Federal entre os últimos dias 5 e 9 do mês corrente. Margem de erro: três pontos percentuais.

Alguns resultados da pesquisa:

1. Dos que votaram em Agnelo no primeiro turno da eleição do ano passado, somente 64% repetiriam o voto;

2. 42% dos entrevistados disseram que o Distrito Federal está no caminho certo; 41,3%, no caminho errado.

3. 40,1% aprovam o governo Dilma contra 26,5 que desaprovam.

4. No caso de Agnelo, 31,5% aprovam seu governo, 36,5% desaprovam e 29,5% nem aprovam nem desaprovam.

5. 49.1% acham que – de modo geral – Agnelo não está cumprindo as promessas de campanha. 12.6% acham que está cumprindo.

6.- Saúde é, disparada, a promessa de maior recall espontâneo e relevância da campanha de Agnelo. Enquanto 12% apontam a área de saúde como a de melhor atuação do governo, 58.3% a apontam como a de pior atuação.

8. A despeito dos problemas, Agnelo venceria uma disputa eleitoral – tanto em primeiro quanto em segundo turno – contra os mesmos candidatos com os quais disputou em 2010. Venceria também numa eventual disputa entre ele e os dois nomes usualmente apontados como os mais fortes da política local (Joaquim Roriz e José Roberto Arruda).

9. Os brasilienses estão preocupados com a inflação. 77.1% se declaram preocupados ou muito preocupados com ela. 84.3% declaram que os preços têm subido (61.8% subido muito e 22.5% subido).

10. Cristovam Buarque (senador, 41%), José Antônio Reguffe (deputado federal, 29.4%) e Chico Leite (deputado distrital, 8%) são os parlamentares apontados como os melhores.

Comentários

Comente